Jorge Fonseca conquista medalha de bronze

Portugal tem oficialmente o seu primeiro medalhado nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O Bicampeão mundial de Judo, Jorge Fonseca, conquistou o terceiro lugar na competição de -100 quilos, ao bater o canadiano Shady Elnahas, por waza-ari.

Num combate disputado até ao fim, o atleta lusitano segurou a vantagem, quase até ao limite de ser desqualificado por penalizações. Esta é a terceira medalha olímpica portuguesa no judo, após o bronze de Nuno Delgado em Sidney, no ano 2000, e a prata de Telma Monteiro nas olimpíadas de 2016, que ocorrera no Rio de Janeiro.

Apesar do orgulho em conquistar uma medalha olímpica por Portugal, Jorge Fonseca admite que a sua meta é mais ambiciosa. “Trabalhei para o ouro, consegui o bronze. Não correu como queria, agora é trabalhar para conquistar o ouro em Paris. Trabalho para o ouro, não para o bronze, vou continuar a trabalhar porque quero ser o melhor do desporto nacional”.

Antes da disputa pelo bronze, atleta do Sporting tinha atingido as meias-finais da competição, sendo derrotado no acesso final pelo coreano Guhan Cho.

No momento das celebrações, Jorge Fonseca agradeceu o apoio dos portugueses e fez uma chamada de atenção a marcas que não reconheceram valor ao bicampeão mundial de judo. “Quero agradecer aos portugueses que me apoiaram, que enviaram mensagens, a quem esteve acordado. Dedico à minha mãe. Estou feliz, apesar de não me deixarem entrar para a polícia, luto pela medalha olímpica. É também dedicada para a Adidas e a Puma, porque me disseram que não tinha capacidade para ser um atleta deles. Dedico para os representantes deles. Sou bicampeão do Mundo, que estatuto preciso para ser patrocinado por eles?”.

Fotografia: Facebook do Comité Olímpico de Portugal

Compartilhar

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

dieciocho − dieciseis =