Mourinho comenta a prestação portuguesa no Euro 2020

José Mourinho está longe de ser um homem com filtros, ou com medo de manifestar a sua opinião. Numa crónica no jornal The Sun, o treinador português comentou a participação lusitana no europeu de futebol e o desaire frente à Bélgica nos oitavos de final da prova, «Sinto-me mais triste do que desiludido. Não foram maus diante da Bélgica».

O campeão europeu por FC Porto e Inter de Milão acrescentou ainda que “Na primeira parte vimos duas boas equipas, que mostraram grande respeito uma pela outra, mas o golo da Bélgica mudou tudo. Portugal arriscou, fez mudanças e tornou-se mais ofensivo. O André Silva passou a ser o ponta-de-lança e o Cristiano Ronaldo passou a poder mover-se e a criar mais. Foi uma forma honrosa de os campeões saírem. Perderam, mas deram tudo contra uma equipa que é candidata a vencer o torneio ”.

“A Inglaterra jogou três encontros com quatro defesas e não sofreu qualquer golo, pelo que não seria crítico se o Gareth apostasse em quatro outra vez. Mas será obrigatório os alas fazerem um grande trabalho defensivo, o que limitará as suas capacidades atacantes. Portugal jogou com quatro, contra uma Bélgica que tinha cinco. O Thorgan Hazard, um lateral-esquerdo, marcou porque o Bernardo Silva, que jogava a ala, não o controlou naquela situação, completou Mourinho, na sua análise à equipa das quinas”.

Fotografia: Facebook Jose Morinho

Compartilhar

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

15 − seis =