Villas-Boas a propósito do Rali De Portugal: “Fechei os olhos e esperei pelo melhor»

André Villas-Boas realizou sonho

O treinador de futebol André Villas-Boas mostrou-se «muito satisfeito» com a sua participação no Rali de Portugal, considerando que o «momento alto» da sua prova foi a passagem pelo salto de Fafe.

«Foi emocionante, mas não posso deixar de dizer que fechei os olhos e esperei pelo melhor [risos]. Acabámos por fazer um bom salto, o carro ainda ‘picou o nariz’, mas aterrou bem. Fartámo-nos de rir, pois foi a realização de um sonho que vimos durante anos. Foi o momento alto da prova», admitiu à agência Lusa.

André Vilas Boas, que foi terceiro melhor português da corrida e terminou a sua prestação no 32.º lugar entre os 44 carros que chegaram ao fim, confessou, no entanto, que este desafio de mais 300 quilómetros em três dias de rali foi «muito complicado».

«Apesar de ser uma corrida ao segundo, a regularidade conta bastante. Foi duro, mas conseguimos terminar o rali, que era o objetivo e estou muito satisfeito. Não sei se é uma aventura para repetir, porque é tudo muito rápido. A nossa ‘praia’ talvez seja mais os ralis todo-o-terreno», partilhou o técnico.

O treinador deixou ainda uma palavras de agradecimento ao carinho sentido durante as etapas do Rali Portugal, no qual foi um dos pilotos mais saudados pelo público.
«Fui muito bem recebido por todos. O calor do público português dos ralis que toda a gente conhece esteve sempre bem vincado. Infelizmente não podia estar tão cheio com o costume, mas ainda assim vimos muita gente», acrescentou André Villas Boas.

Compartilhar

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

doce + nueve =